INÍCIO > NOTÍCIAS

O que é Automação Industrial?


Automação Industrial é caracterizada pelo uso de qualquer dispositivo mecânico ou eletro-eletrônico para controlar máquinas e processos.


Dispositivos eletro-eletrônicos podem ser encontrados em computadores ou outros dispositivos lógicos (como controladores lógicos programáveis ou CNC’s), substituindo, na maioria das vezes, tarefas manuais ou realizando outras que o ser homem não consegue realizar.


A Automação Industrial também é caracterizada pela aplicação de técnicas, softwares e equipamentos específicos nas máquinas ou processo industrial, com o objetivo de aumentar a eficiência, maximizando a produção com o menor consumo de energia e matérias primas, diminuindo a produção de resíduos e oferecendo mais segurança no trabalho.


Com esse sistema os funcionários são beneficiados com maquinas específicas para suas necessidades nas empresas, capaz de facilitar o seu dia-a-dia.


A área que está em maior evidência na automação no momento é a robótica, mas a automação em geral também é muito utilizada nas indústrias química, petroquímicas e farmacêuticas, com o uso de transmissores de pressão, vazão, temperatura e outras variáveis necessárias para um SDCD - Sistema Digital de Controle Distribuido ou CLP - Controlador Lógico Programável.


A Automação Industrial possui vários barramentos de campo, no total mais de 10, incluindo protocolos como: CAN OPEN, INTERBUS-S, FIELD BUS FOUNDATION, MODBUS, STD 32, SSI, PROFIBUS,DEVICENET, que são específicos para a área industrial controlando equipamentos de campo como válvulas, atuadores eletromecânicos, indicadores e enviando sinais a uma central de controle.


A partir dos barramentos que conversam com o sistema central de controle, os mesmos podem também conversar com o sistema administrativo da empresa.


Uma das contribuições mais importantes dos sistemas de Automação Industrial é a conexão do sistema de supervisão e controle com sistemas corporativos de administração das empresas. Esta conectividade permite o compartilhamento de dados importantes da operação diária dos processos, contribuindo para uma maior agilidade do processo decisório e maior confiabilidade dos dados que suportam as decisões dentro da empresa para aperfeiçoar a produtividade.


Onde a automação pode ser aplicada?


Indústria automobilística: processos de estamparia (moldagem de chapas ao formato desejado do veículo, máquinas de solda e processos de pintura).

Indústria química: dosagem de produtos para misturas, controle de pH e estações de tratamento de efluentes.

Indústria de mineração: britagem de minérios, usinas de Pelotização e carregamento de vagões.

Indústria de papel e celulose: corte e descascamento de madeira, branqueamento e corte e embala

Todas as embalagens dos setores acima: etiquetados, agrupados, lacrados e ensacados.


Sistemas de controle e automação


As primeiras iniciativas do homem para mecanizar atividades manuais ocorreram na pré-história com invenções como a roda. O moinho movido por vento ou força animal e as rodas d'água demonstravam a criatividade do homem para poupar esforço.


Contudo, a automação só ganhou destaque na sociedade quando o sistema de produção agrário e artesanal transformou-se em industrial, a partir da segunda metade do século XVIII, inicialmente na Inglaterra, com a Revolução Industrial.


Devido à necessidade de aumentar a produção e a produtividade surgiu uma série de inovações tecnológicas como:

• Máquinas modernas, capazes de produzir com maior precisão e rapidez em relação ao trabalho feito à mão.

• Utilização de fontes alternativas de energia, como o vapor, inicialmente aplicada a máquinas em substituição às energias hidráulica e muscular.


A origem do computador está relacionada à necessidade de automatizar cálculos, inicialmente no uso de ábacos pelos babilônios, entre 2000 e 3000 a.C.


O próximo avanço foi a invenção da régua de cálculo e, logo depois, da máquina-aritmética, que efetuava soma e subtração por transmissões de engrenagens. George Boole desenvolveu a álgebra booleana, que contém os princípios binários, posteriormente aplicados às operações internas de computadores.


Continue acompanhando nosso blog para saber mais sobre Engenharia e Automação Industrial!

SPTech.webp

11 3616-0150 | atendimento@sptech.com